A São Paulo dos blogs.

Eu achei muito interessante essa matéria do jornal Estadão www.estadao.com.br/estadaodehoje/20080518/not_imp174517,0.php , porque os criadores do blog usam ele como uma ferramente para melhorar a cidade e também mostrar as suas várias facetas, que muitos não conhecem. Os assuntos são variados vão de queixas à dicas sobre lugares legais. Os blogs fazem a notícia correr mais rápido e assim fazer com que as autoridades também ajam mais rápido na solução dos problemas da cidade.

Com o tempo essa moda dos bolgs só tende a expandir, pois, já existem blogs para alguns bairros, e com certeza daqui algum tempo todos, se não, a maioria irá ter.  Na matéria, um argentido radicado há seis anos anos na cidade, fez um blog sobre a metrópole que contém taxas de homicídio de diferentes capitais do País, para mostrar que São Paulo não é tão violenta quanto parece.

A fotografia nos blogs é um elemento essencial, pois, os blogueiros conseguem ilustrar diversas situações e assim fazer com que nós paulistanos vejamos a nossa cidade como um lugar bom para se viver, apesar dos seus problemas, porque São Paulo tem uma grande diversidade cultural e isso nenhuma outra grande metrópole pode negar. 

Adicionar comentário maio 24, 2008 drika1988

Nós temos que mudar

A recente polêmica de Chris Anderson, que publicou uma lista com todos os profissionais de relações públicas que foram bloqueados por enviar e-mails sem critério nenhum, nos fez desperta para o fato de que temos que nos adaptar as novas transformações que vem ocorrendo. Uma delas é com relação a web 2.0, que “obriga” agências e clientes a manterem uma relação transparente e tentar conhecer quem está do outro lado e assim trocar informações, compartilhar conteúdos, participar, conseguir novos consumidores e também ficar aberto a mudanças cada vez mais rápidas e constantes.

Temos muito o que aprender em relações públicas, mas ainda existem uma grande maioria que não quer mudar de mentalidade e quer continuar a fazer as coisas do mesmo jeito. O problema é que relacionamento hoje em dia é tudo, e quem não souber se adaptar vai acabar sendo jogado para fora desse novo círculo. Agências, clientes e empresas têm que mudar a sua postura diante das tranformações da web e do boom da internet, pois, está claro o quanto ainda estamos despreparados para lidar com as mídias sociais. As relações públicas são pouco compreendidas, já que são vistas e percebidas somente como assesoria de imprensa. A maioria acha que RP é algo instantâneo dando prioridade às mídias tracionais, limitando assim o trabalho de comunicação e não se dão conta de que uma boa estratégia de comunicação depende de relacionamento. Por um outro lado os profissionais de RP também erram, porque não entendem realmente qual é a necessidade do cliente. Por isso temos que de fato mudar, porque a publicidade está perdendo espaço para o boca-a-boca e as empresas precisam entender o que realmente são as relações públicas e o quanto elas podem contribuir para a reputação, credibilidade e para o crescimento da empresa. Nós precisamos compreender e aceitar que com o boom da internet novas mídias muito eficientes surgiram e que todas elas podem e devem ser agregadas como estratégias de comunicação. Devemos mostrar para as empresas o porque que elas devem criar um blog ao inves de publicar um artigo na revista ou jornal, fazendo isso estaremos criando novas maneiras de agregar valores às estratégias de negócios do cliente.

Precisamos mudar os métodos e aprender a se relacionar com cada público de um jeito diferente. Nós consumidores estamos cansados do velho convencimento, nós queremos ter o poder da escolha em nossas mãos, hoje a linha que separa as nossas vidas privadas e corporativas está cada vez mais fina. E como hoje nós nos tornamos o “produto” que está exposto em vitrines, queremos escolher qual das empresas vai realmente mostrar “quem” é, e o quanto ela pode nos inspirar sem ter que nos convercer.   

Eu acho isso tudo muito importante, pois, eu acredito que quem não acompanhar as inovações em todos os setores da comunicação com certeza irá ficar ultrapassado e em um mercado tão competitivo como o nosso qualquer diferencial é um atrativo a mais. Temos que nos tornar mais curiosos, lendo mais, participando mais e tentando entender como podemos fazer parte da conversação e assim nos diferenciarmos.

Adicionar comentário maio 14, 2008 drika1988

Sem limites

Comunicação, essa palavra já diz tudo, comunicar-se com outras pessoas, trocar informações, experiêcias e o que mais quiserem. E foi essa palavra que fez com que nós tivessemos a necessidade de trocar informações e conversar com pessoas do mundo inteiro e apartir disso, os meios de comunicação foram se tornando cada vez mais modernos para assim poderem suprir essa nossa necessidade de nos relacionarmos com outras pessoas. E a evolução de todo esse processo é a era das mídias digitais em que vivemos, que tornaram tudo isso possível e foram até muito além do que nós esperávamos.

Com o advento de novas tecnologias, foi possível que simples receptores de mensagens se tornassem emissores delas, e apartir dessa grande mudança as pessoas começaram a querer fornecer informações e não apenas recebe-lás, assim surgiram os blogs onde qualquer pessoa pode transmitir o conteúdo que quiser e assim ser vista por qualquer pessoa que tivesse interesse naquele conteúdo. E depois disso não demorou muito para surgirem os redes socias, que são vários tipos de sites e programas ondes as pessoas interagem entre si de várias formas e podemos citar como exemplos de redes de relacionamento o Orkut, Myspace, Facebook, Twitter e outros. Que tem como principal função exibir o perfil do usuário, que pode conter múltiplas informações pessoais e aumentar a rede de relacionamento do usuário. Sendo assim podemos perceber que vivemos em uma era em que o público e o privado perderam o limite, já que o que para uns é público, para outros pode ser privado. Essa é a era da auto-exposição em que vivemos, onde tudo e todos querem ser vistos e notados, qualquer usuário pode expressar a sua opinião sobre determinado assunto e também colocar informações pessoais para que qualquer um as veja.

Isso não acontece só na internet, os meios de comunicação tradicionais usam os reality-shows para fazer com que o seu público participe e assim se envolva com o programa, a publicidade também está indo para o mesmo caminho, já que está inventando novas maneiras de fazer com o consumidor participe e se involva com todo o processo de criação das peças publicitárias. Ou seja, nessa nova era de exposição não aceitamos mais sermos simplismente receptores passivos, queremos também ser emissores ativos, que possam participar e interagir e assim deixar a sua própria marca.

Adicionar comentário maio 6, 2008 drika1988

Feed e RSS, personalizando a sua internet

O feed é usado por usuários da internet que querem receber notícias especificas sobre jornais, sites ou blogs sem ter que entrar no próprio site para ver essas notícias e sempre que um novo conteúdo for publicado o usuário do feed poderá ler imediatamente . È através do rss que vc faz isso, pois, só os sites que possuem essa tecnologia, que podem fornecer os feeds.

Essa onde de personalização atingiu até a internet, temos como exemplo o www.igoogle.com que é a página inicial do google personalizada por vc. O www.netvibes.com é um exemplo de web 2.0, um site que tem um alto grau de personalização já que nele é possível modificar o título, adicionar ou remover conteúdos variados e etc. Esses 2 sites ultilizam os feeds, que estão modificando o jeito de ler e receber informações, já que escolhemos só aquilo que queremos ler. Agora não temos mais que nos submeter as informações que os jornais nos obrigam, com os feeds podemos ler somente aquilo que for mais interessante para nós, tendo assim mais liberdade em fazer nossas próprias escolhas e fazendo com que a internet fique cada vez mais parecida com nós mesmos.  

Podemos fazer uma associação dos feeds com o leitor imersivo de Lúcia Santaella, pois, esse leitor imersivo é o leitor que vive na cultura digital. Esse leitor imerge 100% na internet e nos seus conteúdos, já que quanto mais interativo for o site maior vai ser a imersão e por consequência maior vai ser a participação desse leitor. Quanto mais o usuário poder mexer e modificar o site, mais ele vai  

1 comentário abril 29, 2008 drika1988

Twittervision e Twittermap

O twittervision é uma representação gráfica do mundo que é atualizada em tempo real pela localização geográfica e também pelas frases dos twitters. Já o twittermap é um mapa onde você escreve a sua posição e ele ti localiza no espaço.

Achei bem interessante esses dois programas, pois, as possibilidades de comunicação estão se ampliando e se tornando cada vez mais universais e cada vez mais rápidas. Imagina esses programas sendo usados como meios de informações em tempo real, sobre o mundo inteiro???. Seria demais, quem sabe alguem já não está criando isso !!!!

Adicionar comentário abril 29, 2008 drika1988

Twitter

Twitter é uma rede social, que é uma das formas de relacionamento entre pessoas e grupos, e que utiliza um servidor para micro-blogging, que é uma forma de publicação de blog que permite que os usuários enviem atualizações pessoais contendo apenas pequenos textos via SMS, e-mail e outros, e foi fundado em março de 2006.   

Eu acho que o Twitter assim como outros sites de relacionamento, está funcionando como um modo de você enviar mensagens rápidas para toda a sua lista de contatos. Na verdade as pessoas utilizam o twitter para divulgar os seus blogs, fazerem marketing pessoal ou empresarial e conhecer pessoas que tenham os mesmos interesses que você e assim aumentar a sua rede de relações.   

Assim como já falei acima, o twitter pode ser usado para fazer marketing de pessoas e empresas, que queiram vender os seus produtos ou serviços. O twitter tem uma grande quantidade de pessoas que estão conectadas a todo o momento no site, então aquele que quiser divulgar algum produto, serviço ou evento no twitter terá a oportunidade de atingir um grande número de pessoas e assim fazer com que o seu produto, serviço ou evento seja conhecido e utilizado por muitas pessoas.

http://www.techbits.com.br/2007/12/18/radar-cultura-e-o-twitter/ > Blog relacionado.

Adicionar comentário abril 4, 2008 drika1988

Manisfesto Cluetrain

Manifesto Cluetrain nada mais é do que uma nova maneira de se comunicar online, na verdade é uma conversação global, onde as empresas e mercados trocam conteúdos rapidamente via internet e por esse  motivo as conversações se tornaram mais humanas, pois, são de pessoas para pessoas. Locke, Levine, Searls e Weinberger fazem 95 teses que desmontam as formas tradicionais de se fazer negócios e apresentam uma nova forma. A maioria das teses falam sobre os mercados e mostram uma nova tendência para o desenvolvimento da cibercultura, da internet e, das políticas de comunicação digital e mostram também os ‘Mercados em rede’ como uma auto-organização que se desenvolve na contradição dos sistema capitalista. Eles vêem a web como um grande avanço para os mercados, que agora estão mais informados, mais inteligentes e estão resgatando qualidades que foram perdidas nas organizações.

A conversação online está criando novas perspectivas, novas ferramentas, e uma nova maneira de incentivo intelectual. O Manifesto Cluetrain disseca o mundo dos negócios e mostra aos homens de negócios que a relação de trabalho pode ser diferente e que a internet abre as portas para o inter- relacionamento entre pessoas e empresas. Modificando a estrutura de poder, antes na mão das corporações, e agora, resgatada pelas pessoas comuns.

Adicionar comentário março 28, 2008 drika1988

Novas linguagens

Texto: Linguagens em arquiteturas líquidas – Lucia Santaella 

O texto fala sobre as mudanças que a linguagem vem passando, por causa do surgimento de novas tecnologias e novas linguagens híbridas como a linguagem hipermidiática que vem começando a reinar dentro do mundo da internet. Essa nova linguagem nada mais é do que uma mistura de texto, imagem e som. Essa linguagem já vem sendo usada em meios como a tv e o cinema, mais onde ela domina é no meio digital, que foi da onde essa linguagem surgiu. Nesse meio digital onde texto, imagens e sons são colocados dentro de um lugar só, fez com que essas formas de linguagens que antes eram distintas entre si, passarem a ser misturadas no ato de sua formação e com essas novas linguagens líquidas o usuário está aprendendo a interagir por meio de ações participativas. Um dos fatores mais importante dessa nova linguagem hipermidiática é que nela não existe uma linearidade, assim como nos textos comuns, ela é quebrada por fragmentos de imgens, gráficos, desenhos, sons e outros, e com isso é possível um grau de conexões muito maior do que o normal. Mais com essa grande possibilidade de conexões o usuário pode ser perder em meio a tantas informações e é por isso que é necessário criar roteiros funcionais que orientem o usuário durante a navegação. Essa orientação é necessária devido as arquiteturas líquidas que existem no ciberespaço, porém nada acontece se o usuário não tomar a iniciativa. A linguagem hipermidiática é naturalmente interativa, mas não há interação sem interfaces, que foram criadas para facilitar a leitura do usuário e para incentivar a tomada de decisões do mesmo. Mas há também outros significados para as interfaces que fazem a conexão humana com as máquinas e ajudam o usuário a penetrar no ciberespaço.

Com todas essas inovações nas linguagens, serão muitas as consequências culturais e comunicacionais que também afetaram a produção de conhecimento, de arte e da própria informação. Assim está surgindo uma nova forma de pensar que é não-linear e heterogênea, mas que tanto o indivíduo quanto a sociedade estão apenas começando a entender. Mas será que a nossa sociedade, mesmo estando habituada as essas novas tecnologias, consiguirá aceitar, usar e entender essas novas linguagens e essas novas maneiras de pensar ??? È o que vamos ter q esperar para ver.

Adicionar comentário março 18, 2008 drika1988

Lançamento MAD MEN

madmen-7784001.jpg
Mad men é um seriado dramático que se passa em 1960 numa agência publicitária fictícia. A história será voltada para as mudanças da América nos anos 60 e também na vida do persongem que é um publicitário. Dando ênfase em assuntos polêmicos como por exemplo cigarros, bebidas, preconceitos raciais.

Será lançado dentro de um mês na HBO. Com uma grande expectativa de audiência.

Se estivesse em nossas mãos a divulgação desse esperado seriado, que é voltado ao público jovem, as nossas mídias escolhidas seriam as que são mais acessadas por esse público. A primeira mídia então, a ser pensada seria o Youtube, onde divulgaríamos pequenos trechos da série para aguçar a curiosidade do telespectador. Para tal informação utilizaríamos os pop up em diversas aberturas de sites e em banners no MSN.

Uma outra idéia seria colocar links do seriado em comunidades de um grande site de relacionamentos, como o Orkut. Com o intuito de divulgar a programação para um grande números de internautas. E também criaríamos um perfil do persongaem principal para um contato mias íntimo com o público, podendo deixar scraps mostrando suas opiniões.

Faríamos também um Blog para aqueles fascinados em Mad Men que gostariam de ter maiores informações de dentro dos bastidores e para quem  perder um dia dessa dramática emoção poder acompanhar nos resumos dia-a-dia do programa. Para tal divulgação madaríamos e-mails de acesso ao Blog para os cadastrados nas comunidades do Orkut. 

Adicionar comentário março 18, 2008 drika1988

A imagem sensível

Paisagem Andina

Nessa minha imagem a primeira sensação que tive foi a de me sintir aquecida por causa da extensa área que o sol está cobrindo. Logo depois olhando mais um pouco para a imagem eu lembrei do campo, de uma casa no campo. E por fim analisando a imagem percebi os elementos que fazem parte dela como as montanhas com neve, os ovelhas, o homem e todos os outros elementos.

Primeiridade: sensação de calor.

Secundidade: associação com o campo.

Terceiridade: percepção dos elementos da imagem.

Adicionar comentário março 14, 2008 drika1988

Previous Posts
  • Blog Stats

    • 505 hits
  • junho 2017
    S T Q Q S S D
    « maio    
     1234
    567891011
    12131415161718
    19202122232425
    2627282930  
  • Tópicos recentes

  •